História

PONTO DE PARTIDA

Em meados de 1997, na Rua Luiz Gama, n.º 103, Mooca, São Paulo, Capital, foi inaugurada a Quadra Bola na Rede, de Futebol Society. A partir desta época, foi dado o passo fundamental para oficialização dos encontros dos amigos do Condomínio Guarantã, situado ao lado da quadra recém inaugurada.

ESCOLHA DA QUADRA

Como primeiros clientes da Quadra Bola na Rede, os amigos se organizaram por iniciativa do Sr. André Windsor Cardoso Florete (André), que convidou os amigos: Marcelo do Ó Gama (Dog), Júlio César de Oliveira Campos (Júlio), Luís Carlos Rodrigues (Luizinho Cabeça), Cícero André dos Santos (Cícero), Rinaldo Bono (Naldo), Zé Luís, Edú, Santiago, Pigmeu, Ernani, Bahia, entre outros, e reservaram, em setembro de 1997, o primeiro horário mensal, sempre aos domingos, no horário das 10:00hs às 12:00hs. Nesses encontros dominicais, era regra básica, após os jogos, o tradicional bate papo, sempre acompanhado de uma “geladinha” e um churrasquinho.

IMIGRANTE SONHADOR

Embora trabalhando na Mooca desde 1993, onde até hoje mantém o Signo´s Restaurante e Bar Ltda., somente em meados de outubro de 1998, surgiu na Quadra Bola na Rede, o Sr. José Durval Rodrigues, mineiro de Formiga, MG, apresentado pelo amigo Índio (Baiano), ao então coordenador do grupo, André Windsor, solicitando assim, uma vaga nos jogos de confraternização dos amigos do Guarantã. À época, este mineiro estava fixando residência no bairro da Mooca e foi muito bem recebido pelos amigos mooquenses, como de praxe na comunidade.

PRIMEIROS PASSOS

Empolgado pela ótima e calorosa recepção e percebendo o enorme potencial do grupo de amigos, o mais novo integrante, Sr. Durval, começa a idealizar projetos para as tais reuniões dominicais. O primeiro passo foi criar um Projeto Piloto e convidar os amigos para as devidas apreciações, o que, inicialmente, não empolgou os primeiros integrantes, principalmente em se tratando de um projeto que, para aquele momento, poderia ser muito ambicioso, ou seja, criar uma organização esportiva que ampliasse seus objetivos, até o ponto de tornar-se uma grande instituição, tornando-se assim, o grande orgulho da comunidade da chamada Mooca Baixa.

PRIMEIRA REUNIÃO

Em 20 de maio de 1999, na  Quadra Bola na Rede, foi realizada a primeira reunião, objetivando assim, a fundação desta tão sonhada agremiação. Os participantes, nesta oportunidade, eram: José Durval Rodrigues (Durval), Sidney Alfredo de Melo Sobrinho (Cidão), André Windsor Cardoso Florete (André), Paulo Rogério Susco (Jarrão), Vanderlei Aparecido Garcia (Barba), Ariovaldo Esteves (Ari), Cícero André dos Santos (Cícero), Bitinha, Pavan, Nivaldo, Sr. José (Gaúcho), Edson (Cisplatina) e Francisco (Chiquinho Cabeleireiro). Nesta data, a pauta era: 

a) Leitura do Projeto Piloto criado pelo Durval, com demonstração dos cargos a serem criados inicialmente, e o perfil necessário para aqueles que fossem preenchê-los.

b) Convocação para a segunda reunião, onde haveria eleições para determinar, nome do clube e os eleitos para composição da primeira diretoria.

SEGUNDA REUNIÃO

Em 27 de maio de 1999, quinta-feira, às 20:30hs, na Quadra Bola na Rede, reuniram-se para definir, como combinado anteriormente, o nome do clube e a composição da diretoria. Nesta noite estavam presentes as mesmas pessoas presentes à primeira reunião mais o Itamar (sócio proprietário da Quadra), perfazendo o total de 13 pessoas.

NOME DO CLUBE

Para escolha do nome da agremiação, foram colocadas em pauta para votação, três alternativas: 

Soccer Signo´s da Mooca - Durval (08 votos)

Sociedade Amigos da Mooca - Edson Cisplatina (03 votos)

União dos Amigos da Mooca - Jarrão (02 votos)

DIRETORIA ELEITA

José Durval Rodrigues - Presidente (13 votos)

Paulo Rogério Susco - Diretor Financeiro (12 votos)

Sidney Alfredo de Melo Sobrinho - Diretor Social (11 votos)

André Windsor Cardoso Florete - Diretor Esportivo (07 votos)

PRIMEIRO UNIFORME

Quando da confecção do primeiro uniforme, o Durval resolveu promover uma alteração: a substituição da palavra Signo´s por Club, descaracterizando assim o nome do agremiação ao do restaurante de sua propriedade. Manteve-se as cores utilizadas pelo seu estabelecimento, grená e branco, em homenagem ao Clube Atlético Juventus, também da Mooca, e mantendo no logotipo, apenas o mesmo “S”, da logomarca Signo´s.

CRIAÇÃO DO DISTINTIVO

Quando da criação do logotipo do Soccer Club da Mooca, pelo Durval, ele conseguiu associar várias semelhanças de outros distintivos de Clubes de Futebol Profissional de sua admiração, tais como:

Cruzeiro Esporte Clube (seu clube de coração);

Sport Club Corinthians Paulista (Um dos maiores e mais tradicional time de São Paulo);

Sociedade Esportiva Palmeiras (pelo grande número de torcedores, na Mooca);

Real Madrid (melhor time europeu naquela oportunidade)

PATROCÍNIO

Buscando parceria para confecção dos uniformes, o Durval pôde contar com a colaboração do amigo e, posteriormente, membro associado, atleta e diretor, Sr. Jucimar Teixeira da Silva, proprietário da Juciart Brindes Promocionais Ltda. O Durval apresentou o projeto dos uniformes e conseguiu a colaboração financeira da Juciart. Assim, Signo´s e Juciart foram os dois primeiros patrocinadores do Soccer Club da Mooca.

O uniforme foi confeccionado por um aventureiro, que demorou exatamente quatro meses para efetuar a entrega, sendo que, do valor total (R$ 800,00) pagos pelos dois jogos do uniforme, as contribuições ficaram assim divididas:

Signo´s Restaurante; contribuiu com 03 cheques de R$ 201,00, perfazendo um total de R$ 603,00.

Juciart Brindes; contribuiu com 02 cheques de R$ 98,50, perfazendo assim, um total de R$ 197,00.

Juciart Brindes contribuiu com metade do valor do uniforme vinho. Signo´s contribuiu com a outra metade e com 100% na confecção do uniforme branco, ambos da marca Delerba.

DATA DA FUNDAÇÃO

23 de outubro de 1999. Com a demora na confecção dos primeiros jogos do uniforme, foi fácil programar a data de estréia dos mesmos, coincidindo com o dia 23 de outubro de 1999, dia do aniversário do Atleta do Século, Édson Arantes do Nascimento, Pelé. Como nesta data não foi possível a presença do Rei, na estréia do Soccer Club da Mooca, tivemos como substituto dele, aquele que melhor conhecia sobre o Rei, aquele que é nome obrigatório quando se fala de Pelé, quando se comenta sobre as famosas tabelinhas entre Pelé e Coutinho. É isso mesmo, Coutinho, o eterno parceiro do Rei.

PRIMEIRA PARTIDA OFICIAL

Soccer Club da Mooca 2 x 0 Amigos do Coutinho - 23/10/1999

Com a presença do Coutinho, ex-atleta profissional do Santos F.C. e de seus convidados, dentre eles: Juary (ex-Santos, ex-Seleção Brasileira), Romeu Cambalhota (ex-Atlético Mineiro, ex-Corinthians), entre outros atletas e ex-atletas, o estreante e caçula time da Mooca, fez sua primeira partida oficial em clima de muita festa e confraternização, onde ainda não podíamos imaginar, que tudo aquilo que estava acontecendo, era a mais pura essência da realidade. Em uma partida histórica, recheada de emoções e belos lances, o time visitante, embora com um passado memorável e irretocável e ainda jogando muita bola, foi surpreendido pelos comandados do Técnico Hamilton, que em sua melhor partida até os dias de hoje, venceram a partida pelo placar de 2 x 0, gols assinalados pelo estreante atacante Pigmeu, do Soccer Club da Mooca.

A primeira formação do Soccer Club da Mooca foi composta por: Pé Fino (Goleiro), Durval, Edson e Luizinho (Zagueiros), André, Cícero e Naldo (Alas / Armadores) e como Atacantes: Dog, Cidão e Pigmeu. Hamilton era o técnico.

Na partida preliminar (1º quadro), o Soccer Club da Mooca enfrentou um combinado do bairro, e foram derrotados pelo placar de 3 x 5. Nesta oportunidade o time foi formado por: Pé Fino (Goleiro), substituído posteriormente pelo Rato. A zaga foi composta por Igor, Tiago e André. Ricardo e Xande formaram a meia cancha. Na frente, David e Anderson. Os três tentos, em favor do Soccer Club da Mooca, foram assinalados pelo Xande

PRIMEIRA CONFRATERNIZAÇÃO FAMILIAR

Empolgados e embalados pela façanha desta primeira exibição, na noite do sábado do dia 23/10/1999, data que até hoje é lembrada por aqueles que presenciaram aqueles momentos, acompanhados pelas suas respectivas esposas, namoradas, filhos e amigos, uma comitiva formada por 58 pessoas do Soccer Club da Mooca, foram comemorar a bela estréia, na famosa Pizzaria do Juninho Paulista (craque do São Paulo F.C. e da Seleção Brasileira), localizada no Bairro do Tatuapé. Naquela noite, tudo era festa, a comemoração era tamanha pelo primeiro triunfo, um belo troféu. A alegria irradiava na face de todos os presentes, tudo era motivo de alegria, até mesmo os desentoados cantos de ritmos italianos que predominam na italianíssima Mooca, como por exemplo, o refrão. 

"Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe Mooca;

com muito orgulho

com muito amooooorrrrrrr"

E assim nasceu e hoje é uma plena realidade, o sonho de um imigrante mineiro, no tradicional recanto italiano, onde hoje se faz coerente dizer:

"Uai, sô!! Na Mooca é tutti buonna gente!!"

Vale ressaltar o sonho de um ideal como o do Durval, a iniciativa do André, de todos os demais integrantes desta realidade chamada Soccer Cub da Mooca, da nossa comunidade, patrocinadores, colaboradores, e dos ex-atletas profissionais de futebol tais como: Coutinho (ex-Santos), Juari (ex-Santos), Romeu Cambalhota (ex-Atlético Mineiro, ex-Corinthians), e os ex-Palmeirenses: Ademir da Guia, Esquerdinha, César Maluco, Dudu, entre outros que de alguma maneira, contribuiram para a nossa querida agremiação.

A Diretoria

Soccer Club da Mooca

Top